O Ressarcimento

Considerando a gigantesca variedade de fraudes que existe, é impossível listar quais os procedimentos que a vítima deve adotar, pois tudo dependerá do caso específico.

Porém, em todas as situações é aconselhável que a vítima guarde consigo a maior quantidade de provas possível como: extratos bancários, cartas de cobrança, número de protocolos de reclamações entre outras.

Outra situação de extrema importância, especialmente quando estamos diante do uso de cartões clonados, é não entregar o cartão para a instituição financeira sem que o ato seja realizado por intermédio formal, ocasião em que todos os números e códigos existentes no cartão deverão ser mencionados e a vítima deverá inutilizar o próprio cartão quebrando ou retirando o chip e guardar consigo imagens do mesmo.

Outrossim, como hoje em dia as pessoas podem obter imagens com maior facilidade até mesmo fazendo uso de um celular, é prudente que tire fotos de todos os documentos e demais situações relacionadas ao caso.

Porém, não obstante todos os procedimentos, a reparação adequada muitas vezes ocorre somente com a interposição da medida judicial, razão pela qual a busca por profissional capacitado é extremamente útil.

Por fim, é sempre importante que o cidadão tenha zelo com seus cartões, senhas, documentos pessoais e utilize da internet com muito cuidado.

Por Alexandre Berthe Pinto

Anúncios

Comente e Compartilhe

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: