Arquivo mensal: janeiro 2015

Decisão judicial exclui o dever de consumidora de cartão com CHIP arcar com transações não reconhecidas.

Uma consumidora, representada pelo advogado Alexandre Berthe, obteve decisão favorável no sentido de considerar indevidas transações comerciais realizadas por intermédio de cartão de crédito com CHIP sem o seu consentimento.

No caso, a consumidora, após ter o cartão extraviado, foi surpreendida com a realização de várias transações realizadas Leia o resto deste post

Anúncios